sábado, 27 de maio de 2017

Boatos: homem que agrediu a mãe não foi espancado e continua em Pedrinhas

Não passam de boatos informações falsas de que o bacharel em Direito, Roberto Elísio Coutinho de Freitas, tenha sido torturado e espancado por outros presos na penitenciária de Pedrinhas. Ele continua no Centro de Triagem e numa cela isolada por possuir formação universitária.
Desde que ele foi preso ontem à tarde por agressões verbais e físicas à sua própria mãe, Joseth Coutinho Martins de Freitas, uma idosa de mais de 80 anos, e levado para Pedrinhas, que o clima é agitado naquele presídio.
O blog foi informado que muitos presos estão querendo conhecer o agressor e ontem à noite foram ouvidos gritos de ódio em relação ao novo detento. As celas ainda estão agitadas.
Já existe informações de que o bacharel em Direito pode ser transferido por todo o dia de hoje para uma cadeia no Olho D`Água para evitar tumultos ou consequências mais graves.
Luis Cardoso