Muitos queriam fim do governo Dilma e não da corrupção, diz procurador da Lava Jato

Foto: EBC


     O procurador da república Carlos Fernando dos Santos Lima da força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou nesta segunda-feira 24, que o próximo passo do PMDB parece ser acabar com a investigação.

Carlos Lima respondeu a entrevista do vice presidente da câmara dos deputados e substituto de Rodrigo Máia (DEM RJ) o deputado Fábio Ramalho (PMDB MG), ao jornal o estado de São Paulo, no qual o parlamentar defendeu "um prezo de validade" para a Lava Jato.

O procurador afirmou que "as investigações irão continuar por todo o pais".


Author:

Anterior
Proxima