quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Apos crise e escândalos de corrupção, cresse 4,1 milhões de famílias entraram na faixa da pobreza no Brasil, aponta estudos.




Percentual de pessoas pobres cresceu 22% no Brasil em 2015 a 2017, de acordo com estudo publicado na segunda-feira (14) pelo o instituto IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), PNUD e (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

Quanto descaso com o patrimônio pública, enquanto milhares de famílias vivem a baixo da linha da pobreza no Brasil, podemos contemplar as aberrações, e a imensa falta de respeito com o dinheiro do povo e com toda a sociedade brasileira.