Ex-Ministro Antonio Paloci confessa perante o juiz Sergio Moro crimes praticados pelos governos do ex-presidente Lula e Dilma


Resultado de imagem para fotos de palocci



O ex-ministro Antonio Paloci, que foi um dos homens mais prediletos dos governos Lula e Dilma, que está preso desde de dezembro do ano passado, e que ele mesmo confessa que o nome achado escritos nas planilhas da ODEBRECHE por nome (Italiano) seria mesmo o seu nome.


Paloci afirma que Dilma Rousselff, sabia de tudo e que ela compactuava com todos os crimes e ilícitos, impostos pelo MP (Ministério Publico Federal). Paloci acrescenta que todas as doações recebidas pela a grande estatal a gigante ODEBRECHE, era doações de campanhas, que chegavam como forma de propinas, caixa um, e caixa dois. Doações recebidas também como benefícios pessoais.


Antonio Paloci diz que é verdade de que a empresa pagou propinas, por um terreno, que seria para a construção do instituto Lula, e pela reforma do sítio de Atibaia, mais 300.000,000(trezentos milhões) que seria para uso pessoal, e também pagava 200.000 (duzentos mil) por palestras, afirmou Paloci perante O Juiz federal Sergio Moro.



Author:

Anterior
Proxima