segunda-feira, 2 de outubro de 2017

O maior massacre da história dos Estados Unidos em Las Vegas 58 mortos a tiros e mais de 500 feridos


Reuters/STEVE MARCUS

O maior massacre da história dos Estados Unidos, em Las Vegas, na noite de domingo para segunda-feira, aonde um louco franco atirador, que estava no 32.°andar, de um hotel, carregou várias armas de fogo,  metralhadoras, rífres, e pistolas, e se posicionou para atirar,  na grande multidão que assistia o show, ele fez centenas de disparos, que chegou a matar 58 pessoas, e deixou 513 feridos. 

PÚBLICO -

Foram cinco minutos de terror e pânico, aonde 22.000 pessoas assistiam o show.    Quando os tiros começaram, o cantor continuava cantando, sem entender aquele barulho dos tiros, quando de repente ele percebeu que a coisa era muito séria, mais do que se imaginava.   Pegou a sua guitarra e correu, aí a multidão foi que se tocou e percebeu, que era uma grande confusão, mais eles não tinham ideia de onde vinha, o que era, e o tamanho da gravidade, a qual eles estavam todos expostos a mira das armas.

O louco franco atirador, colocou várias armas de prontidão, quando secava uma, imadiatamente pegava outra, foram cinco minutos de pânico e terror.    O monstro também se suicidou logo em seguida, de tanto atirar, as fumaças no apartamento era tão grande, que chegou a disparar o alarme de incêndio, do corpo de bombeiros, que fica de plantão no próprio edifício.

O estado Islâmico reconhece o atentado, e diz que o atirador tinha se convertido ao Islamismo a poucos dias, mais as forças policiais e de investigação da América em Las Vegas, descarta essa hipótese.



Reuters/STEVE MARCUS