quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Justiça manda soltar o mandante do assassinato da morte do jornalista Décio Sá.

Por três votos a favor, os desembargadores Zé Luís Maciel, José Bernardo e Guerreiro Júnior acataram o pedido de concessão de liminar de soltura de Júnior Bolinha, o mandante do crime contra o jornalista Décio Sá.
Antes da soltura de Bolinha, foram liberados Miranda e Gláucio Alencar, também considerados como mandantes do assassinato. Até o momento apenas o executor, o pistoleiro  Jhonatan Silva encontra-se preso.