MS - homem mata esposa com três tiros na frente das filhas de 3 e 6 anos


Suspeito de 65 anos está foragido. A vítima decidiu se separar há quatro meses depois do engenheiro ter agredido a filha dela de 15 anos.

As duas filhas do casal, de 3 e 6 anos, presenciaram o pai matar a mãe com três tiros na cozinha de casa, na tarde de domingo (14), em Três Lagoas, município na região leste de Mato Grosso do Sul que faz divisa com São Paulo. O engenheiro Renato Bastos Ottoni, de 65 anos, está foragido.

“Ele teria entrado na casa dela ontem, pedindo um copo d’água, quando ela se virou para pegar o copo d’água, ele veio a fazer três disparos de arma de fogo contra ela que atingiram nas costas e na cabeça. As meninas menores presenciaram, a maior estava dormindo e foi acordada pelos disparos e ainda pode ver o agressor saindo da casa”, afirmou a delegada Letícia Alves, da Delegacia de Atendimento à Mulher.

A adolescente de 15 anos, filha de Halley Coimbra Ribeiro Junqueira, de 38 anos, de outro relacionamento, disse à polícia que estava no quarto e ouviu dois tiros, em seguida a mãe teria pedido “pelo amor de Deus” para não morrer, e teve mais um disparo.

Os policiais foram atrás do suspeito na casa dele em Castilho, cidade paulista próxima à Três Lagoas, mas ele não foi encontrado. A polícia emitiu um alerta para todas as divisas do estado e de São Paulo. Segundo a investigação, o suspeito é do Rio de Janeiro e acredita-se que ele esteja viajando para lá.

“A gente espera que a polícia prenda ele o mais rápido possível e faça justiça porque a gente quer ver a justiça feita”, disse Rogeriane Junqueira, irmã da vítima.

A vítima decidiu se separar há quatro meses, quando o engenheiro teria agredido a enteada. A delegada está aguardando a família passar pelo luto para dar continuidade ao inquérito da agressão.

G1

Author:

Anterior
Proxima