Sarney causa grande prejuízo ao povo do Maranhão por causa da rixa política

O ex-senador José Sarney não calculou o prejuízo que deu ao nosso estado ao vetar o nome de um maranhense para exercer o cargo de ministro do Trabalho. Tudo por causa de politicagem, o novo ministro será um deputado federal do Rio Grande do Sul.
Mesmo sem mandato, Sarney continua forte no governo do presidente Michel Temer, ao ponto de impedir que o PTB nacional indicasse o nome do maranhense Pedro Fernandes ao Ministério do Trabalho. Sarney queria que Fernandes fosse até ele pra dizer que deixaria o governador Flávio Dino para apoiar Roseana Sarney. Fernandes não topou a parada.
Hoje, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, disse ao Blog da Sadi, do portal G1, que Pedro Fernandes errou ao não aceitar conversar com Sarney. “Como recusa uma conversa com Sarney? Um homem importantíssimo do PMDB, de honra do PMDB? Não dá, né?”, questionou Jefferson.
Então, no lugar de Fernandes, que seria empossado ministro amanhã, dia 4 deste, assumirá o deputado Sérgio Moraes (RS). O Maranhão, portanto, perdeu um posto importantíssimo, ainda mais neste momento em que atravessamos uma crise de desemprego.
Para Sarney, ao que parece, pouco importa se o Ministério do Trabalho tenha um orçamento neste ano de mais de R$ 9 bilhões e que uma parte deste recurso poderia ser utilizado em programas sociais e de geração de empregos em nosso estado.
A bancada maranhense, ao menos os que não seguem a cartilha de Sarney, deveria se pronunciar a respeito, assim como os deputados estaduais que já não praticam mais a velha política. Até o próprio governador deveria também mostrar mais um prejuízo que seu adversário deu ao Maranhão.

Author:

Anterior
Proxima