PROFISSIONAIS DA SAÚDE DE CUBA ENCERRAM ATIVIDADES MÉDICAS NO BRASIL E VOLTAM PARA CASA


O novo presidente eleito Jair Bolsonaro, não continuará com a prestação se serviços dos médicos cubanos mais no Brasil.    Bolsonaro não comunga com o governo de Cuba, que segundo ele escraviza a classe médica que presta serviços aqui no Brasil.

Os médicos cubanos são obrigados a devolver 70% do seu salario para seu pais de origem.   E isso é reprovado, e motivo de total repudio aqui no Brasil, ou seja é como se fosse uma ditadura de tal maneira.   É obvio que as leis de cuba não são as mesmas que as do Brasil.



Author:

Anterior
Proxima