SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Deputados Aluísio Mendes e Daniella Tema defendem centro de hemodiálise para atender pacientes da região central do estado


A implantação de um centro de hemodiálise para atender a Região Central do Maranhão foi a principal pauta da audiência ocorrida nesta quarta (29), em Brasília, no Ministério da Saúde. O ministro, Luiz Henrique Mandetta recebeu o pleito defendido pelo deputado  federal Aluisio Mendes, por à deputada estadual Daniella Tema, acompanhada do seu esposo ( o prefeito de Tuntum), Cleomar Tema Cunha.
A implantação de um centro de hemodiálise para atender a Região Central do Maranhão foi a principal pauta da audiência ocorrida nesta quarta (29), em Brasília.  A deputada estadual Daniella Tema, estava acompanhada do seu esposo o prefeito de Tuntum Cleomar e também do deputado federal Aluísio Mendes, foram juntos ao Ministério da Saúde, e  muito bem recebidos pelo o ministro, Luiz Henrique Mandetta.A implantação de um centro de hemodiálise para atender a Região Central do Maranhão foi a principal pauta da audiência ocorrida nesta quarta (29), em Brasília, no Ministério da Saúde. O ministro, Luiz Henrique Mandetta recebeu o pleito defendido pelo deputado Aluisio Mendes, por deputada estadual Daniella Tema e seu esposo Tema Cunha (prefeito de Tuntum).
No Maranhão, mesmo com a grande demanda, existem apenas 13 unidades que realizam o tratamento de hemodiálise: São Luis (05), Pedreiras (1), Bacabal (1), Imperatriz (02), Caxias (1), Timon (1), Codó (1), Açailândia (1). A localização estratégica para a instalação do centro de tratamento é a cidade de Presidente Dutra, base que poderá atender diversos municípios vizinhos, inclusive Tuntum.
“Mais de 250 mil habitantes estão nessa região vizinha a Presidente Dutra. Os pacientes de Tuntum precisam se deslocar mais de 400 quilômetros, três vezes por semana, para realizar hemodiálise em Caxias, e essa triste realidade se repete em vários municípios da Região Central do Maranhão afetando a quem mais necessita de cuidados, os pacientes renais”, afirma o deputado Aluisio Mendes.
A Deputada Daniella Tema defende que, é preciso Minimizar as dificuldades de deslocamento e o desgaste dos pacientes que já são submetidos a tratamento demorado e considerado de risco.
“É desumano submeter quem faz esse tipo de tratamento a essa situação que pode ser resolvida com política pública de saúde. A população da Região Central do Maranhão será defendida para que, os pacientes que tenham insuficiência renal crônica sejam atendidos o mais próximo possível de suas residências” afirma a deputada Daniella Tema.
O ministro da Saúde Henrique Mandetta, destacou que o primeiro passo para implantação dos novos serviços de diálise é articulação com a Comissão Intergestora Bipartite, a pactuação política entre Estado e municípios. “O pleito é legítimo, importante para o Maranhão. É preciso atender o regulamento técnico para o funcionamento dos serviços de diálise e contar com adesão dos municípios envolvidos na proposta, após essas etapas, o ministério tem todo o suporte para realizar o projeto”, garantiu o ministro.
Além do centro de hemodiálise, foram protocolados também pedidos de ampliação da Base de Atendimento do SAMU no município de Tuntum e de recursos para custear exames no Centro de Imagens Antônio Joaquim Cunha. Atualmente, o SAMU de Tuntum faz uma heroica cobertura de mais de 400 mil habitantes em aproximadamente 30 municípios da Região Central do Maranhão.
Comentários
0 Comentários

Política