SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Secretário Luís Fernando e presidente da CAEMA Carlos Araújo cumprem agenda de trabalho em São Paulo


O secretário de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), Luis Fernando Silva, e o presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Carlos Rogério Araújo, visitaram, nesta quinta-feira (4), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), na capital paulista. O encontro contou com a presença do diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga, além da diretoria da Companhia e do secretário adjunto de Programas Estratégicos, Geraldo Carvalho.

A visita parte de uma orientação do governador Flávio Dino ao secretário Luis Fernando de estudar planos e projetos para buscar melhorias no desempenho operacional, econômico e financeiro da companhia maranhense. A Sabesp é reconhecidamente uma referência em produtividade e em boas práticas em gestão pública e esse encontro deve resultar em conhecimentos adquiridos e em cooperação técnica, com os quais será possível levar em frente a ampliação na oferta dos serviços públicos de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgotos sanitários.

“A Caema ao longo de, aproximadamente, 50 anos de funcionamento, se ressente da necessidade de avanços organizacionais, sobretudo, nesta conjuntura de escassez de recursos financeiros e atualização da legislação que rege as empresas estatais”, explicou o secretário Luis Fernando.

Luis Fernando explicou que, mesmo com os grandes avanços conseguidos ao longo do primeiro mandato do governador Flávio Dino, tanto em relação à ampliação de sistemas de abastecimento de água e esgoto, quanto em relação a regularidade e qualidade desse serviço, ainda existe uma necessidade de renovação e aperfeiçoamento.

O saldo do encontro foi positivo. Ficou definido que será formalizada a cooperação técnica entre a Sabesp e a Caema para transferência de tecnologia, programas, projetos e soluções, a exemplo do que já tem acontecido com outras companhias estaduais de saneamento que buscam parcerias com a Companhia de São Paulo.
Comentários
0 Comentários