SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

CIRD COCAIS AVANÇA NA PAUTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM GOVERNO DO ESTADO EM SÃO LUÍS


A Diretoria Executiva do CIDR COCAIS esteve durante os dias 09 e 10 de março, em São Luís, numa Agenda Positiva com o Governo do Estado, através das Secretarias de Estado de Meio Ambiente-SEMA e da Educação-SEDUC para tratar sobre proposta de Cooperação Técnica na  Elaboração de Planos Municipais e Regional de Educação Ambiental dos Cocais. Contou com as participações da Diretora Executiva, Dra Rayanna Pereira Chaves Ribeiro, que tbm é Secretária de Meio Ambiente de Alto Alegre do Maranhão; dos Diretores de Assuntos Jurídicos, e de Programas e Projetos, Jônatas Ribeiro e Ronald Damasceno (Assessor de Desenvolvimento Regional de São Mateus); dos Secretários Municipais de Meio Ambiente e de Educação de Coroatá, Marilena Vieira, e Prof Eldo; além da Assessoria Técnica Ambiental do Município de Coroatá.
Na segunda 9, a Comitiva do CIDR COCAIS foi recebida na SEMA pela Assessora da Secretaria-adjunta de Desenvolvimento Sustentável, Suelen Castro; e pelo Assessor Sênior de Planejamento da SEMA, José da Paz Saraiva Júnior. E na terça 10/Março, a Comitiva do CIDR COCAIS esteve na SEDUC, onde foi recebida pelo Secretário-adjunto de Gestão, Tiago Durans e pela Chefe de Assessoria da SEDUC, Rosejane Paula Faria Pinto. Durante os trabalhos a Diretora Executiva do CIDR COCAIS, Rayanna Ribeiro, fez um breve relato sobre a recente história do Consórcio e a pauta regional que vem sendo proposta aos municípios associados como a Elaboração do Plano Diretor Territorial; Gestão Integrada Regional de Resíduos Sólidos; Saneamento Ambiental e tbm a Gestão Regional de Educação Ambiental. "Estamos trazendo essa pauta até a SEMA e SEDUC por acreditar na expertise do Governo do Estado sobre esta matéria pública, e tbm por entendermos que precisamos empoderar nossos municípios sobre políticas estruturantes Educação, Urbanismo e Meio Ambiente", enfatizou Chaves Ribeiro. Pela SEMA, a Assessora de Desenvolvimento Sustentável, Suelen Castro, disse que iniciativas como essa ajudam o Estado na construção de uma Política Ambiental federativa, além de fortalecer a gestão local quando estratégias regionais e consorciadas são priorizadas pelos municípios. "Acredito que ações como essa precisam ser cada vez mais incentivadas para podermos enfrentar desafios de um Estado grandioso como o Maranhão", afirmou Castro.
Durante os trabalhos, os municípios tbm apresentaram seus desafios e demandas sobre a Educação Ambiental, como os aspectos culturais, problemas com fiscalização, necessidade de capacitação técnica, e a deficiência de tecnologia e acervo cartográfico atualizado sobre os Cocais. "Precisamos trabalhar o momento para avançar juntos numa ação de Consórcio", disse entusiasmado o Prof Eldo, Secretário Municipais de Educação de Coroatá. Outro ponto importante para o CIDR COCAIS é abrir um cenário para recursos federais, pois a existência de Planos Municipais e Regional é prerrogativa para investimentos de várias naturezas. "Mas, para isso é importante ter o dever de casa no que tange a existência de Planos Municipais", conclui Ronald Damasceno, Assessor Regional de São Mateus e Coordenador de Programas e Projetos do Consórcio.
Nas duas Audiências, a Diretora Executiva, Rayanne Ribeiro apresentou proposta de Cooperação Técnica para Elaboração dos Planos Municipais e Regional de Educação Ambiental, o que foi bem recebido pelas Secretarias de Estado, ficando uma nova rodada para os dias 19 e 31 de março. "Vejo com grande expectativa essa aproximação entre Estado e municípios, tendo o Consórcio CIDR COCAIS como órgão gestor de articulação regional", comemora Tiago Durans, Secretário-adjunto de Gestão/SEDUC.


Comentários
0 Comentários

Política