SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Com Covid-19 – Família enterra idosa e, um dia depois, hospital diz que ela está viva

A família de Raimunda Rodrigues Sertão, de 84 anos, sepultou o que seria o corpo da idosa. Um dia após a cerimônia, o Hospital Regional de Araguaína, onde ela havia sido internada com covid-19, ligou para os parentes informando que ela estaria viva, mas em estado grave.


Raimunda teria morrido por covid-19 – Foto Arquivo pessoal


A Secretaria de Saúde do Tocantins garantiu que a idosa realmente morreu, mas a família não sabe quando e nem quem foi a pessoa enterrada no caixão. Também não há informações de quem foi o responsável por emitir o boletim médico que eles receberam por ligação.

“De domingo até quinta-feira eles ligavam com a informação de que o estado de saúde dela era grave, mas estável. Todos os dias eles ligavam com essa notícia. Na quinta-feira, por volta das 7h da noite, o médico ligou informando que ela havia morrido. A gente não podia reconhecer porque não podia entrar. Não teve como reconhecer o corpo nem o hospital, nem na funerária”, relata Luan de Sousa, 29 anos, neto de Raimunda, segundo informações do G1.

O neto da idosa contou que a família foi ao hospital e a equipe médica os levou de setor em setor, até que uma assistente social mostrou uma foto que seria de Raimunda após a morte. No entanto, a família não sabe quando o registro foi feito e segue com dúvidas. (Fonte: Portal ig.com.br)

Comentários
0 Comentários

Política