SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

STJ manda prender duas Desembargadoras do TJ/BA suspeitas de vender sentenças

 

Com o aprofundamento das investigações foi descoberto o envolvimento de integrante do alto escalão e de servidores do MP, da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP/BA) e de advogados.'

Duas desembargadoras do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) são alvo de mandados de prisão temporária em uma operação da Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (14) contra um esquema criminoso de venda de decisões judiciais.

Os mandados de prisão temporária foram expedidos pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Og Fernandes, após pedido da subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo. Os nomes das desembargadoras não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.

Também são cumpridos mandados de busca e apreensão em Salvador, em outras três cidades baianas – Barreiras, Catu, Uibaí – e em Brasília (DF). A investigação aponta um esquema de venda de decisões judiciais por juízes e desembargadores da Bahia, com a participação de membros de outros poderes, que operavam a blindagem institucional da fraude. CONTINUE LENDO ABAIXO A MATÉRIA;


Comentários
0 Comentários

Política