SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Três navios vindos da Índia aguardam para atracar na região portuária de São Luís

Informação exclusiva repassada a este blog pelo pesquisador Tony Meneses dá conta de que três navios oriundos da Índia, país de origem da cepa B.1.617, estão fundeados na costa do Maranhão e aguardam autorização para atracar na região portuária de São Luís. A variante indiana, considerada rara e letal, foi identificada em seis tripulantes do navio MV Shandong Da Zhi, de bandeira de Hong Kong, vindo da Malásia, também ancorado na área de fundeio, a 50 quilômetros da capital maranhense. Autoridades de saúde e sanitárias federais, estaduais e municipais estão adotando uma série de medidas para conter a disseminação local da cepa, considerada rara e altamente letal.

Um dos navios cuja rota incluiu a Índia fundeados na costa do Maranhão são o Hannes Oldendorff, de bandeira de Portugal, veio de Mundra, vila portuária indiana. A embarcação, um mineraleiro, deixou a localidade em 17 de abril e chegou ao litoral maranhense no dia 15 deste mês. No momento, a tripulação aguarda permissão para atracar no Porto da Ponta da Madeira, operado pela Vale.

Outro navio que partiu da Índia rumo ao Maranhão e que no momento está fundeado na Baía de São Marcos é o Mariperla, de bandeira de Malta, país do sul da Europa.

Outro navio que partiu do país de origem da cepa B.1.617, mais precisamente do porto de Ennore com destino ao Maranhão e atualmente também está ancorado fundeado no litoral do estado é o Mariperla, de bandeira de Malta, país do sul da Europa. Trata-se também de um cargueiro que transporta minério, que deixou o Porto de Gangavaran, no norte da Índia, em 15 de abril, e está fundeado na Baía de São Marcos desde o último dia 19.

O terceiro navio oriundo da Índia ancorado na área de fundeio no litoral maranhense é o Semirio, de bandeira das Ilhas Marshall, arquipélago da Oceania, outro cargueiro que transporta minério. A embarcação deixou o porto indiano de Ennore em 23 de abril e chegou nesta segunda-feira (24) à área de fundeio, no litoral maranhense.

O cargueiro Semirio, de bandeira da Islândia, que transporta gado bovino, chegou hoje à área de fundeio no Maranhão, vindo da ìndia

Nenhuma autoridade federal, estadual ou municipal se pronunciou, até o momento, sobre a presença dos três navios oriundos da Índia, na costa do Maranhão, à espera de autorização para atracar no complexo portuário de São Luís. com https://www.blogsoestado.com

Comentários
0 Comentários

Política