SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

11 partidos denunciam Bolsonaro ao TSE exigindo explicações sobre supostas fraudes das urnas eletrônicas

 

Um documento é assinado por os partidos políticos, que são eles; o Solidariedade, MDB, PT, PDT, PSDB, PSOL, REDE, Cidadania, PV, PSTU e PCdoB.


Neste sábado (31), onze partidos apresentaram um requerimento para exigir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cobre explicações do presidente Jair Bolsonaro em relação às supostas fraudes apontadas por ele na urna eletrônica, em live na última quinta-feira (29).

O documento é assinado por Solidariedade, MDB, PT, PDT, PSDB, PSOL, REDE, Cidadania, PV, PSTU e PCdoB.


As legendas argumentam que a transmissão foi um ato “estritamente político”  e com “com críticas expressas a partidos de oposição, deputados e senadores que se manifestam de maneira contrária aos interesses do presidente, seguido de inúmeras ofensas ao presidente do TSE [Luís Roberto Barroso].”

 

Eis o trecho do requerimento apresentado: 

Eis que o Senhor Presidente da República, a continuar sua série de manifestações em redes sociais, promoveu transmissão ao vivo em suas redes sociais, no dia 29.07.2021 (quinta-feira).

O conteúdo, conforme divulgado pelo Presidente Jair Bolsonaro, seria a efetiva demonstração de inconsistências identificadas nas eleições de 2014 e 2018, que provariam que o processo eleitoral brasileiro não atende aos critérios de segurança esperados, sendo passível de fraudes, o que embasaria a sua tese de implementação voto impresso auditável.


O que se observou, contudo, em um primeiro momento, foi um ato estritamente político, com críticas expressas a partidos de oposição, deputados e senadores que se manifestam de maneira contrária aos interesses do Presidente Jair Bolsonaro, seguido de inúmeras ofensas ao Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, cuja atuação foi colocada sob suspeita por “estranhamente” convencer um grande número de pessoas sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas.

Comentários
0 Comentários

Política