SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Dino confirma a aliados que vai anunciar apoio a Brandão como seu escolhido ao Palácio dos Leões

Vice na chapa pode ficar com o PT ou mesmo PDT, que voltou a ter abertura para costura de aliança. Governo prepara minireforma administrativa para dezembro.

O governador Flávio Dino (PSB) confirmou a aliados, em conversas reservadas no Palácio dos Leões e durante passagem por municípios maranhenses para entrega de obras e serviços, que vai declarar apoio ao vice-governador Carlos Brandão (PSDB) para o governo do Estado na eleição de 2022.

O anúncio será feito na reunião com lideranças partidárias no fim do mês.

De acordo com relatos feitos por nomes de primeiro escalão ao ATUAL7, Dino tem dito que vai colocar seu posicionamento pessoal, de apoio a Brandão na disputa, e abrir para os presentes decidirem seguir ou não com ele.

Embora não interfira na movimentação, o chefe do Executivo estadual não concorda com o pedido de parte da base para que seja adiada para o ano que vem a decisão final sobre quem será o candidato único do grupo ao governo. Eventual adiamento, entende, prejudicaria todo o grupo e favoreceria apenas adversários, que não dependem da decisão para seguir em pré-campanha pelo governo: o ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (PSD) e o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL).

Segundo interlocutores, Flávio Dino espera que, ao tornar pública a decisão em favor de Carlos Brandão, os demais postulantes da base ao Palácio dos Leões abram das respectivas pré-candidaturas até dezembro, quando dará início à uma minireforma administrativa em todos os escalões em ajustamento com Brandão.

Neste sentido, a vice pode ficar com o PT ou mesmo PDT, que voltou a ter abertura para costura de aliança.

Pelo PT, os cotados para a vaga são o secretário de Educação Felipe Camarão, favorito de Dino e Brandão, e o deputado Zé Inácio, preferência natural de petistas históricos e da liderança nacional do partido. Já pelo PDT, os nomes na mesa de negociação são o do prefeito de Igarapé Grande Erlânio Xavier, preposto de Weverton, do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, que vai deixar o PCdoB para se filiar ao partido e é o optado por Dino e Brandão, e do secretário de Desenvolvimento Social Márcio Honaiser, que seria meio termo entre ambos.

Em nome da unidade da base, o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, deve abrir da pré-candidatura logo após a declaração de Dino em apoio a Brandão.




Comentários
0 Comentários

Política