SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Sobe para 38 o número de mortos pela chuva fortes em Petrópolis (RJ)

As fortes chuvas em Petrópolis, e na região serrana do Rio de Janeiro (RJ), deixaram pelo menos 38 mortos, segundo a Defesa Civil. O Corpo de Bombeiros mantém buscas nos locais onde houve deslizamentos de terra.

 Em coletiva de imprensa, o governador Cláudio Castro disse que está havendo um “grande trabalho de solidariedade” para resgatar os moradores. Ainda de acordo com Cláudio Castro, mais de 400 bombeiros atuam no local, atingido por um temporal na noite de ontem. 

O Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Civil, está trabalhando na identificação dos corpos.

De acordo com a prefeitura do município, foram registrados 171 deslizamentos de terra na região. O Corpo de Bombeiros ainda não sabe precisar o número de desaparecidos. Os desabrigados estão sendo acolhidos em um hospital da região.

Em seis horas choveu 260 milímetros, mais do que o esperado para o todo o mês de fevereiro. A prefeitura decretou estado de calamidade pública.

Um dos locais mais afetados foi o morro da Oficina, no Alto da Serra, onde grande deslizamento de terra atingiu várias moradias. Segundo a prefeitura de Petrópolis, estima-se que 80 casas tenham sido afetadas no local, que fica próximo à Rua Tereza, conhecida área comercial do município perto do centro histórico.

Houve ocorrências também nas regiões 24 de Maio, Caxambu, Sargento Boening, Moinho Preto, Vila Felipe, Vila Militar, além das ruas Uruguai, Whashington Luiz e Coronel Veiga.

Comentários
0 Comentários

Política