SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Polícia do RJ prende cúpula da milícia de Rio das Pedras

A polícia fluminense prendeu seis elementos suspeitos de integrar a cúpula da milícia da região de Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio na noite desta quinta-feira (24/02). A informação é da própria polícia. 

Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) localizaram o grupo em um condomínio no Itanhangá.

Segundo a polícia, foram presos Fabiano Cordeiro, o “Mágico”, João Henrique Pedro da Silva, conhecido como “Pezão”, Rodrigo Bastos Moraes, o “Digão”, Daniel Crichigno, vulgo “Buiu”, Marcos Alves de Souza e Irlan Andrade dos Santos.

Contra Digão, havia dois mandados de prisão pendentes, pelos crimes de organização criminosa, constituição de milícia privada e roubo majorado. De acordo com a Seção de Inteligência Policial, ele também teria participação na milícia da comunidade do Campinho.

Mágico seria um dos líderes locais, junto com Pezão. Apesar de ser próximo de outro miliciano, o Tandera, o grupo paramilitar da comunidade tem autonomia para agir sozinha sendo uma das mais antigas do Rio. As investigações vêm sendo realizadas há pelo menos dois meses por meio de um trabalho de mapeamento e monitoramento da organização criminosa que atua na comunidade de Rio das Pedras. A ação está sendo coordenada pelo delegado titular da especializada, Thiago Neves e faz parte do programa Cidade Integrada.

Várias ações de inteligência foram realizadas, inclusive, dentro da própria comunidade, para que a Polícia Civil chegasse a todas as lideranças da milícia na região. Os seis elementos presos foram autuados por porte ilegal de arma e constituição de milícia.

O governador Cláudio Castro (PL) comentou sobre as prisões dos milicianos na sua conta no Twitter:

Comentários
0 Comentários

Política