SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Diretora reclama do cabelo e impede que criança faça matrícula em escola no Maranhão


Caso aconteceu em São José de Ribamar. Pais levaram o caso à polícia por racismo.


Pais de uma criança de oito anos denunciaram a Escola Profª Augusta Maria Costa Melo, em São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís, por impedir a matrícula do filho por racismo. A diretora teria dito que só matricularia se ele cortasse o cabelo. "Olhando para ele [criança], ela disse que não pode, passou a mão no cabelo dele e disse 'mãe, tem que cortar. 




A escola tem um padrão, corte social. Para que você matricule o filho ele tem que cortar o cabelo para que a matrícula seja efetivada'. Eu disse pra ela que sinto muito, mas o cabelo do meu filho eu não corto. Ela disse 'mãe, é você quem sabe. Você matricula o filho de cabelo cortado ou você não matricula o Felipe e continua com o cabelo dele assim'", contou Joselma Lima, mãe da criança.
(G1/Maranhão)




Siga: @blogdoclaudiolima
Comentários
0 Comentários