SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Mulher que tirou sarro do isolamento grava vídeo chorando após perder o marido para o coronavírus e faz apelo

A paraibana Silvana Cunha gravou um desabafo emocionante sobre a morte do esposo e pediu para que todas as famílias respeitassem a quarentena e ficassem em casa, porque a doença é séria


Na última quinta-feira, 7 de maio, Silvana Cunha fez um desabafo em formato de vídeo após perder o marido para o coronavírus. A paraibana diz que antes tirava sarro do isolamento social, mas agora pede para que as famílias fiquem em casa. Marcio Cirino da Cunha, policial militar, faleceu no dia 30 de abril.

A família de Silvana é dona de uma vidraçaria e, por precisar do comércio aberto, era totalmente contra a quarentena. “Há 15 dias, eu escutava as palavras “fique em casa” e até cheguei a zombar. Cheguei na loja e fiz um vídeo dizendo: ‘Fique em casa, mas quem vai pagar nossas contas no final do mês?’. Hoje eu digo: ‘Fique em casa'”, comenta na gravação.

Após a morte de Marcio, Silvana e o filho, de 10 anos, fecharam o comércio e viajaram para ficar com a família de acordo com o G1. “Essas palavras ‘fique em casa’ são muito pesadas pra mim hoje, porque eu não fiquei em casa, meu marido não ficou e infelizmente faleceu“, conta.

Silvana conta que a parte mais difícil é explicar par ao filho o que aconteceu. “Ontem eu senti o peso dessas palavras ainda mais, quando cheguei e meu filho olhou para mim: ‘Mãe, você salvou meu pai?’. E eu apenas disse que não”. 
Assista ao vídeo abaixo:
Comentários
0 Comentários

Política