SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Ministro Guedes pretende implementar programa de Bolsa para capacitação que poderá pagar até R$ 300 a estudantes.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que pretende implementar um novo programa de incentivo para que jovens estudantes brasileiros ofereçam cursos de capacitação. Segundo ele, a ideia é garantir o pagamento de uma bolsa no valor de até R$ 300 durante o período de formação profissional.

A notícia foi anunciada no domingo, 2 de maio, durante entrevista ao jornal O Globo. Como explica a publicação, um nome para o programa foi até escolhido: Bônus de Inclusão Produtiva (BIP).

Da mesma forma que você dá R$ 200 para uma pessoa que é ineficiente para receber o Bolsa Família, por que não pode dar R$ 200 ou R$ 300 para um jovem nem-nem? Ele nem é estudante e não tem emprego. Ele é um dos invisíveis. Por que não posso dar 200 ou 300 dólares? Estou pagando por uma empresa para treiná-lo. Vou dar $$ 300", disse Guedes.

No discurso do ministro, os jovens "nem-nem" são aqueles que são para o mercado de trabalho e sem frequentar a escola ou universidade.

A expressão refere-se basicamente à gama de pessoas que estão à margem das atividades produtivas do país. Para Guedes, é preciso incluir alguma forma de incluir esses cidadãos na engrenagem da economia brasileira.


Pronatec

A proposta de oferecer bolsas técnicas em andamento não é exatamente nova. Isso porque, sob a ex-presidente Dilma Rousseff, já havia o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), atualmente chamado de Bolsa de Formação.

Comentários
0 Comentários

Política