SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Bolsonaro chama comissão da CPI de "bandidos" e diz que não vai responder “ladrões”

Neste sábado (10), o  presidente da República, Jair Bolsonaro, chamou os senadores Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros (MDB-AL) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP) de “bandidos”.

A cúpula da comissão enviou uma carta cobrando esclarecimentos a Bolsonaro sobre a compra de vacinas contra a covid-19. “Não tenho obrigação [de responder]. Vou responder para três bandidos? Não vou responder”, disse o presidente.

“Não vou responder [carta da CPI]. Não tenho obrigação de responder. Ainda mais carta para bandido. Três bandidos. Vou responder para ladrões, bandidos? Não vou responder”, disse o chefe do executivo.

“Gastamos um centavo com a Covaxin? Eu gastei um centavo? Responda“, disse Bolsonaro ao jornalista. “Além dos filtros do Ministério da Saúde, você tem o compliance nosso, você tem a CGU [Controladoria-Geral da União] e tem o TCU [Tribunal de Contas da União], e tem eu no final da linha que vai: só compra passando pela Anvisa [Agência de Vigilância Sanitária]“, disse o chefe do executivo.

Sobre as denúncias do deputado Luis Miranda (DEM-DF), que disse ter afirmado para o presidente da República, em reunião que havia irregularidades nas negociações do Ministério da Saúde para a aquisição das vacinas, o Bolsonaro disse:Eu não posso, qualquer coisa que chegue a mim, tomar providência imediatamente. Tomei providência nesse caso”.

Comentários
0 Comentários

Política