SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Condenado a quase 200 anos de prisão, por série de estupros, está oragido após fuga de presídio

A fuga de Wanderson Alves Carvalho, condenado a quase 200 anos de prisão por vários estupros, completou um mês e ele ainda não foi capturado. Mais conhecido como ‘Dentinho’, Wanderson fugiu no dia 17 de dezembro.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) e a Polícia Civil de Goiás investigam o caso para tentar recapturar o estuprador.

Na época, a direção penitenciária disse que ele “havia sido escoltado da Penitenciária Odenir Guimarães (POG) até a base do Grupo de Guaritas e Muralhas (GGM) para realizar os trabalhos, mas, no início da noite, as equipes do GGM que retornaram à POG perceberam que o preso não havia voltado para o estabelecimento prisional”.

Em nota, a DGAP disse nesta segunda-feira (17) que as buscas ao foragido continuam e contam com o apoio dos setores de inteligência e outras forças policiais.

O órgão responsável pelos presídios disse ainda que um procedimento administrativo foi aberto para apurar como aconteceu essa fuga. O processo não tem um prazo específico para ser concluído, mas deve durar aproximadamente 90 dias.

A fuga também é investigada pela Polícia Civil. A assessoria de imprensa informou que não vai comentar o caso.

Quem tiver informações sobre Wanderson pode denunciar sem se identificar por meio dos números 190 da Polícia Militar, 197 da Polícia Civil, e pela Ouvidoria da Secretaria de Segurança Público pelo telefone (62) 3201-1212.

Comentários
0 Comentários

Política