SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Jovem dado como morto ‘ressuscita’ pouco antes da autópsia depois de ficar em congelador do necrotério

 

Existem muitos casos relatados de pessoas que supostamente ressuscitarem depois de terem sido dadas como mortas pelos médicos. A seguir você verá mais uma história como esta, que é de cair o queixo.

Um homem chamado Gonzalo Montoya havia sido preso na Espanha. Cumprindo sua pena, ele passou mal e desmaiou.

A prisão solicitou a chegada de 2 médicos para atenderem o rapaz, que tinha 29 anos de idade na época, e os profissionais constataram que Gonzalo Montoya não estava mais com sinais de vitais, concluindo em falecimento.

Mas para terem certeza, chamaram outro médico, pois este era especializado em perícia forense. Como era de se esperar, o terceiro médico também disse que o preso não estava respirando.

Como a morte de Gonzalo havia sido confirmada por 3 médicos, tudo que restava a fazer era levar o homem para o necrotério para que fosse feita a perícia no corpo.

O rapaz chegou a passar alguns momentos dentro da geladeira do necrotério e quando o médico responsável foi fazer a autópsia, para espanto do médico, ele começou a se mexer.

Quando o profissional abriu o saco em que Montoya estava, viu que o preso ainda estava respirando. Então, ele foi levado às pressas para um hospital para que recebesse os cuidados necessários para sua recuperação.

Comentários
0 Comentários

Política