SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

Ex-ministro Sérgio Moro avalia possibilidade de ser candidato à Presidência em 2022

 Integrantes do partido Podemos e empresários afirmam que o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro tem sinalizado a eles que, a depender do apoio que receber, poderá se lançar candidato a presidente em 2022. A informação é do jornal Gazeta do Povo.


De acordo com interlocutores de Moro consultados pelo jornal, nesta semana o ex-juiz da Lava Jato esteve em Brasília, onde teve reuniões num hotel para tratar do seu futuro político.

Atualmente, Moro mora nos EUA, onde trabalha como consultor de uma empresa privada. Contudo, seus interlocutores dizem que Moro já não vê com tanta resistência a possibilidade de disputar um cargo eletivo no ano que vem. Mas, antes de tomar uma decisão, ele pretende avaliar quais grupos políticos encampariam o seu projeto.

Até o momento, o Podemos é o principal partido interessado em apoiar a possível candidatura do ex-juiz.

“Moro saiu do Ministério da Justiça por razões que sabemos. Eu, o [senador] Alvaro Dias e outros senadores queremos que ele seja a terceira via que o Brasil tanto precisa”, afirma o senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) para Gazeta do Povo.

“Precisamos acabar com esse discurso bipolar de que ou é o candidato da esquerda ou da direita. O Brasil precisa de uma candidatura de centro; e muita gente é entusiasta do Moro”, continuou ao jornal.

Para Oriovisto, este é o momento de as pessoas que acreditam na candidatura de Moro como alternativa para 2022 buscarem apoios: “Estamos vivendo em uma democracia; e democracia é o pensamento livre. Temos aqueles que querem a volta do Lula e eles têm todos os direitos do mundo de buscarem isso. Temos aqueles que querem a permanência do Bolsonaro, e isso também é justo. Mas existem milhões de brasileiros que não querem nenhum nem outro. Nosso grupo acredita que o Moro seria uma boa opção e estamos nessa luta”.

Também senador pelo Podemos do Paraná, Alvaro Dias confirmou, em entrevista recente ao site O Antagonista, que Moro tem conversado sobre o assunto. “Nós nos reunimos várias vezes. Conversamos muito sobre o país, a necessidade de uma alternativa com visibilidade e credibilidade. Nós o convidamos, conversamos várias vezes. Ele [Moro] nos pediu um tempo. Ele assumiu o compromisso de que, se vier para política, se filiará ao Podemos”, disse.

A última pesquisa eleitoral XP/Ipespe, divulgada no começo de julho, mostrou Moro com 9% das intenções de voto na pesquisa estimulada. O ex-ministro aparece empatado dentro da margem de erro com Ciro Gomes (PDT), que somou 10%. Ambos ficam atrás do ex-presidiário Lula (PT), que teve 38%, e do presidente Jair Bolsonaro, que somou 26%.

Integrantes da Executiva do Podemos confirmam que vários convites já haviam sido feitos ao ex-ministro, mas que apenas agora ele teria demonstrado interesse em discutir uma possível filiação. Apesar disso, Moro pediu um prazo até outubro ou novembro para definir ou descartar de vez sua candidatura em 2022.

De acordo com aliados, Moro pretende aguardar os próximos meses para analisar o desfecho das investigações da CPI da Covid. Na visão desse grupo, as suspeitas de irregularidades contra o Governo Bolsonaro envolvendo a compra de vacinas poderia beneficiar o discurso de combate à corrupção do ex-juiz da Lava Jato.

A Gazeta do Povo procurou o ex-juiz Sérgio Moro, por meio de sua assessoria de imprensa, para ouvi-lo sobre a a possibilidade de ele concorrer à Presidência em 2022. A assessoria informou que Moro não vai comentar o assunto.

Em outras ocasiões, anteriores ao atual momento, Moro havia descartado publicamente a possibilidade de concorrer a cargos eletivos.


Comentários
0 Comentários

Política