SEJA BEM-VINDO

MASIGNCLEAN101

ENTROU ÁGUA: PF defende prorrogação de inquérito em que o senador Renan Calheiros é investigado por recebimento de propina

A Polícia Federal (PF) vê campo para aprofundar uma investigação sobre supostos pagamentos de propina ao senador Renan Calheiros (MDB-AL) e quer que a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, dê mais tempo para tocar as apurações. 


O inquérito da PF apura se o relator da CPI da Covid recebeu dinheiro de empresas do setor logístico e portuário em troca de influência em medidas provisórias (MPs) que tramitaram no Congresso Nacional.


As suspeitas são de que houve repasses a Renan por meio do lobista Milton Lyra, suposto operador financeiro do senador, em troca de benefícios na MP dos Portos e em outra MP, que desonerou a folha de pagamento a 14 setores da economia e alterou a contribuição patronal do INSS.

Os dois textos tramitaram no Senado em 2013, quando o alagoano era presidente da Casa.

Comentários
0 Comentários

Política